domingo, 3 de outubro de 2010

Formação de Professores e o Papel do Pedagogo na Escola

Leia a afirmativa abaixo:


Dentro da escola, a função de coordenador pedagógico nem sempre é bem delimitada. Muitos acham que o profissional que exerce o cargo é um auxiliar do diretor para as questões burocráticas. Outros acreditam que cabe a ele resolver os problemas disciplinares dos alunos. E o pedagógico que está na denominação do cargo quase sempre é esquecido. Porém é essa palavra que define a tarefa do coordenador: fazer com que os professores se aprimorem na prática de sala de aula para que os alunos aprendam sempre. Para isso, ele só tem um caminho: realizar a formação continuada dos docentes da escola.


Justifique sua opinião a esse respeito.

25 comentários:

  1. Olá professora!
    Acredito que todo profissional deve está sempre em formação continua, para melhoria da sua atuação e está consciente das dificuldades que ocorrerá em qualque momento de sua carreira.
    Tendo o coordenado o papel de qualificar a formação docente cabe ao mesmo relacionar na sua prática as TEÓRIA na interdiciplinariedade na sua função de formador.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia professora Ana Paula...

    Infelizmente alguns pedagogos permitiram que essa situação viesse acontecer, ou deixaram que o sistema os mal acostumasse, diante da realidade da busca de novos conhecimentos e uma reciclagem que não permitisse que chegasse a essa situação, até acho que alguns tentam ser criativos, buscando resolver os problemas de alunos que se rebelam contra a direção ou a escola, através de conversas e mostrando que sua rebeldia não leva a nada, porém com certeza não é só isso que ele deveria fazer. Ele deveria ser um grande incentivador tanto para os alunos como para os professores e buscar alternativas para que os alunos tivessem mais prazer em estudar. Tenho escutado muito na academia que, depois da formação teremos que ter muita paciência para enfrentarmos os problemas que vem por ai, mas tenho certeza se cada um de nós colocarmos em prática o que estamos aprendendo iremos fazer a diferença.

    José Augusto Maia da Silva.
    3° Per. De Pedagogia FSDB
    Didática II

    ResponderExcluir
  3. Olá professora!!!
    Creio que como um corpo, todos tem funções bem distintas e importantes em toda a formação e ao bom funcionamento do todo. Não podemos ver-los isoladamente, e deve-se ter um compromisso com o seu processo formador e na sua formação e atuação ao bem que cada um se comprometeu.
    Bjus espero eu tenha contribuido.
    Eunice Souza 2ºPed FSDB.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia professora...
    Todo professor da área pedagógica, tem que está bem adaptado em relação o que acontece dentro da sala de aula.
    Tem que ter a prática e estar sempre bem informado em sua profissão, que não é tão valorizada, no meio profissional, mas mesmo assim o pedagogo é de muita importância na classe social.

    Aldeneide A. Bandeira.
    3° Período de Pedagogia FSDB.
    Didática II

    ResponderExcluir
  5. FRANCE HELEN PEREIRA, 3º PERÍODO
    Professore e pedagogos, oferecem uma série de oportunidades e atividades que chegam a formar um efeito educativas em funções das relações que possibilitam, caracteristicas especificas, dos cargos que carregam.
    O pedagogo com seu objetivo de orientar o professor necessita ter um espaço para si, mostrando-se do que é capaz através de sua formação, não sendo um auxiliar do diretor em si.

    ResponderExcluir
  6. KELLY MELO, 3º PERÍODO.
    Acho muito importante o papel do Coordenador Pedagógico e do diretor, principalmente, quando eles são profundos conhecedores de suas áreas de formação, e respeitam as limitações dos professores, do ponto de vista do tempo e dos seus direitos como profissionais da educação.
    Vejo o papel do coordenador como um parceiro. Aquele que caminha junto. Como está junto sempre, é capaz de perceber os problemas e sugerir ações que os resolva. Mas infelizmente, alguns professores precisam de uma pessoa que cobre o que foi planejado, pois muitos acham que podem fazer o que querem, quando querem e como querem.
    A primeira questão que nos vem à mente, ao tratarmos do planejamento, é a que se refere ao compromisso. Nenhum planejamento terá validade, se os envolvidos não se propuserem a cumpri-lo integralmente. Mas esse cumprimento somente será possível por meio de um acompanhamento, de uma cobrança.
    Assim, a primeira tarefa do corpo diretivo, em discussão com todos o corpo docente, será encontrar mecanismos que garantam o cumprimento de tudo aquilo que todos se comprometam a realizar em um ano letivo.
    Acompanhamento e cobrança não devem ser encarados como fiscalização e interferência e, sim, a tentativa de um trabalho permanentemente reflexivo.

    ResponderExcluir
  7. Na educação todo educador tem papel fundamental e muito importante, pois somos semeadores de amanhã, e não podemos nos limitar a simplesmente ver problemas, mas temos que ser capazes de resolvê-los diretamente. Não se pode de maneira alguma ficar passando a bola de mãos em mãos até que alguém resolva, principalmente por que pedagogos naõ possuem vara de condão. Todo trabalho educacional envolve muitas pessoas, pois, não é uma tarefa fácil e nessa hora a união faz grande diferença. Uma equipe competente terá a responsabilidade de formar pessoas competentes, já que somos responsáveis por aqueles que cativamos.

    Adriana Cordovil Savedra
    3° Pedagogia
    Didática II

    ResponderExcluir
  8. Olá professora,
    como sonhamos com uma educação real, com eficácia e coerência na práxis com a teoria...
    Posso dizer que além de nossos sonhos, uma escola bem, organizada com certeza está oportunizando uma coordenação pedagógica para atuar na função de auxiliar do diretor para as questões burocráticas. Assim também como possibilitará uma supervisão para cada segmento, EFI, EFII, Médio e outros, e quão louvável seria o processo de ensino aprendizagem nessa escola. Contudo é importante sim ressaltar a função do pedagógico que favorece uma formação continuada aos educadores que acompanhem os relatórios tanta da turma quanto os individuais dos educandos, o diário de classes e os espelhos de formação. Assim como também qual a importância que ele procura dar aos processos metodológicos utilizados como mediação pelo educador e como o proprio educador está se reciclando, enriquecendo a sua formação.
    Fico muito feliz nesse mundo acadêmico encontrar amigos de trabalho atingindo tais perspectivas como também incasáveis pesquisadores e formadores de consciencias críticos. Isso nos faz dar as mãos e lutar sempre mais para aprender e construir um caminho melhor para a Educação.

    ResponderExcluir
  9. Todo instituição ao contratar um profissional determina suas funções e responsabilidades. Para cumprir seu papel organizacional o contratado segue as tarefas delegadas, porém (principalmente para os que atuam no campo da educação como é o caso do profissional de Pedagogia) se o funcionário não demonstrar suas qualidades implantandoe mudanças, inovações para a melhoria das suas atividades ou da instituição, ele configurará como sendo um funcionário mecânico, estático, que só faz o que os outros mandam, e mesmo vendo a empresa passar por dificuldades, continua de braços cruzados. Em um mundo globalizado, em constante mudanças e evoluções, quem não se qualifica, não se especializa e não faz a diferença em sua atuação, estará condenado a ser uma simples marionete ou um profissional inútil para a sociedade.

    ResponderExcluir
  10. Bom dia professora!
    Muitas vezes somos formados em determinada função que por não sabermos exatamente o que temos que fazer ou por comodismo,por ser mas facil outra função acabamos deixando de lado a nossa obrigação.Por outro lado o proprio gestor acaba por ofuscar a tarefa de um coordenador pedagogico entendendo que este pode substitui-lo nas suas tarefas, mas quando se tem compromisso com a educação e com a formação docente é preciso se impor de maneira que fique claro a responsabilidade de cada um e que entrem em acordo para uma melhor administração.
    RAQUEL SANTOs
    3o PED FSDB

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Para que na escola exista educação de qualidade é necessário trabalho em equipe que favoreça o exercício por inteiro de cada função na qual o coordenador pedagógico perceba as nessidades de professores e alunos com o objetivo de aperfeiçoar o ensino-aprendizagem.

    ResponderExcluir
  12. Olá Professora!!!
    Está visão é muito comum dentro de algumas escolas, pois o coordenador pedagógico abandona sua patente para auxiliar os gestores deixando em sua maioria os docentes sem apoio pedagógico para saber trabalhar com a diversidade que cada aluno apresenta no seu contexto social. Portanto é bom que cada profissional aperfeiçoe seu conhecimento para atuar de acordo com suas especialidades.
    SILVIA BRASIL - 3O PED - FSDB

    ResponderExcluir
  13. É relevante alguns deixa a desejar, não conhecem o valor do profissional.
    O papel do pedagogo, e orientar os professores ajudando no aprimoramento de seu desempenho na sala de aula, construindo o novo saber, acompanhando o processo de ensino e aprendizagem.

    Katia Leitão dos Santos
    Pedagogia 3 periodo - FSDB
    Didática II

    ResponderExcluir
  14. O papel do coordenador pedagógico é favorecer a construção de um ambiente democrático e participativo,ele é peça fundamental no espaço escolar, pois busca integrar os envolvidos no processo ensino-aprendizagem mantendo as relações interpessoais de maneira saudável, valorizando a formação do professor e a sua, desenvolvendo habilidades para lidar com as diferenças com o objetivo de ajudar efetivamente na construção de uma educação de qualidade.Portando todos os envolvidos com a educação tem seu pepel importante na sociedade e se juntos buscarem a melhoria para uma educação justa e de valores nossas crianças poderão tranformar o futuro, um futuro diferente onde relação interpessoal se tornará mais frequente e saudável. onde todos em conjunto possam demonstrar o seu potencial e valores para uma educação digna.

    ROSIMARY DA SILVA OLIVERIA
    3º PEDAGOGIA

    ResponderExcluir
  15. Quando nos deparamos com a realidade de muitas escolas principalmente as públicas,fica realmente difícil o pedagogo exerce apenas sua função, porém o papel do pedagogo é ajudar os professores a solucionar os problemas dos alunos, para que juntos possam realizar o processo de ensino e aprendizagem de qualidade.

    LUCINEIA DA SILVA BARROS
    3°PERÍODO PEDAGOGIA

    ResponderExcluir
  16. olá professora ... boa tarde !

    Essa questão do coordenador pedagogo é muito ampla ,na verdade esse trabalho do coordenador não é delimitado e isso acaba atrapalhando todo um processo de trabalho proposto pelo seu papel pedagogico o desempenho acaba fracassando no seu essencial que é fazer com que os professores se aprimorem na prática de sala de aula para que os alunos aprendam sempre.acredito que deve existe cargo especifico de aux.administrativo e outros que a escola precise ,ainda valorizando o pedagogo pra realizar o seu papel por definição .

    luciane paes ,2° periodo ped.

    ResponderExcluir
  17. Helen Regina Andrade 3ºPeríodo Pedagogia

    Conheço um Professor de Física do ensino médio que várias vezes quando falava que estava fazendo faculdade de Pedagogia ele ria e dizia que odiava a Pedagoga da Escola que ele trabalhava.Pois ela era uma espécie de fiscal,cobrava seus planejamentos,diários,o número altíssimo de reprovados em sua disciplina,mas não favorecia nenhuma formação para os professores para que o desempenho dos alunos melhorasse.Diante dessas conversas que tinha com ele,reafirmava meu compromisso de seruma verdadeira Pedagoga,empenhada com o melhor ensino,dando condições aos professores para melhorar suas aulas,tornado a escola um lugar que favorecesse um aprendizado significativo entre professor e aluno.Devemos assumir nosso papel de Pedagogo,claro que não seremos mágicos,mas iremos sempre buscar novas alternativas para uma melhor educação.

    ResponderExcluir
  18. Olá professora!

    Bom, de acordo com a afirmativa do início: O profissional de Pedagogia vêm na verdade sendo desviado de sua real função dentro de um estabelecimento de ensino, não é díficil perceber que mesmo para os pais dos alunos e das pessoas que de alguma forma estão ligadas a escola,se você peguntar sobre o coordenador pedagógico, alguns nem ao mesno sabem do que se trata, mas, com certeza vão lhe afirmar que a escola têm diretor, professor, secretário, até orientador(sabe-se lá de quê,mas,têm),(façam a experiência!)o papel do pedagogo hoje portanto, é não só desempenhar sua função com eficácia, como fazer com que as outras pessoas que o cercam percebam o grau de sua importância dentro da escola e passem a reconhece-los (ou melhor reconhecer-nos)por nossa função.

    Jorge Luís
    2º Período de Pedagogia

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde Professora!

    O perfil do pedagogo na contemporaneidade, para atuar na educação, tendo a docência como base de sua formação e identidade profissional, portanto, como em toda profissão existem os entraves pelo caminho, como ser taxado de auxiliar burocrático do gestor, porém sua verdadeira atuação vai muito além, desde a coordenação de planejamento, acompanhamento e avaliação de atividades didáticos pedagógicas atá a orientação de professores e seu aperfeiçoamento contínuo, porém como qualquer profissional , todos tem suas funções delimitadas mas, nem sempre “respeitadas”, com o coordenador pedagógico não seria diferente , só que temos que ter em mente e focar sempre na educação como um todo e comprometido com sua formação e atuação.
    SOCORRO 2° PEDAGOGIA

    ResponderExcluir
  20. O pedagogo é aquele que ensina, que sabe empregar a pedagogia. Espera-se que saiba como ensinar e como mobilizar as diferentes áreas do conhecimento, para fazer educação com qualidade. Deve ser capaz de responsabilizar-se, com o professor, pelo pleno desenvolvimento das potencialidades do educando, conforme determina a legislação vigente. Seu objeto de ação é o desempenho docente, do ponto de vista das competências básicas do professor, na operacionalização do projeto político-pedagógico da escola.
    Cabe ao pedagogo exercer a liderança do sistema educacional, seja na gestão do ensino, na supervisão ou na coordenação pedagógica. Para isso, ele precisa sair da faculdade capaz de efetivar o trabalho coletivo na escola, sabendo promover a integração das competências de todos, contribuindo para o crescimento e a profissionalização dos educadores, despertando, em cada profissional, o desejo de atuar de forma diferente, conferindo-lhe ânimo para romper com a rotina cansativa que apaga a alegria de aprender da maioria dos alunos, construindo uma equipe de trabalho eficiente e uma escola de vanguarda.
    O pedagogo atuante favorece a formação de grupos de estudo, fortalece a interação humana na escola, melhora o clima organizacional de maneira significativa, estimulando o respeito mútuo e a boa convivência. O pedagogo realmente competente só tem tempo para o que é essencial em seu campo de atuação. Ele deve procurar executar a essencialidade com muito esmero, dando atenção aos detalhes, garantindo o sucesso em tudo na primeira investida, evitando o desperdício de esforços e de tempo, agindo como estimulador cultural, criando condições necessárias à conquista de melhores resultados operacionais, vencendo, uma a uma, as amarras do tradicional em seu trabalho, sem medo de errar, evitando ser um tarefeiro, pau para toda obra ou fiscal do desempenho do professor. É essencial trabalhar com dignidade e ânimo para vencer as eventuais resistências, com competência e humildade; atuar com boa vontade, promovendo mudanças de forma fácil e cooperativamente, como co-partícipe do sucesso profissional de todos. Onde há uma vontade, há um caminho. Mas, onde existe boa vontade, existem vários caminhos.

    2. Período

    ResponderExcluir
  21. A educação brasileira tem uma séries de deficiências,no qual vai contribuir para um ensino de mal qualidade.
    Podemos compravar obsevando nossa realiade em que escolas Municipal e Estadual de Ensino, maioria não se tem a presença do pedagogo,onde o professor desempenha a função deste profissional tendo um aculo de funções que se torna exaustivo e atropela todo processo de ensino, dificutando a qualidade do trabalho docente.
    A educação só será coerente se cada docente exercer sua função e trabalhar unida.
    A função do pedagogo vai propocionar a interligação entre os docentes da escola. Ele é elo para o trabalho em conjuto para que a escola realize de fato o seu papel de proporcionar uma educação que desperte a comunidade para processo emancipação da sociedade.

    ResponderExcluir
  22. Hoje, não é somente no ramo da pedagogia é que o profissional tem fugido um pouco de suas funções.Atualmente dependendo onde o pedagogo estiver trabalhando é que ele saberá se irá somente desenvolver a função de incentivar o aprimoramento dos seus professores em suas práticas em sala de aula, ou atuará no atendimento aos alunos, aos pais ou outras situações que exija sua intervenção e para isso exigira dele uma postura versátil.

    Sônia ped2

    ResponderExcluir
  23. Acredito sinceramente que essa inversão de papéis acontece porque o pedagogo dá margem a essa situação pelo fato de não saber colocar limites em seus professores, não estou escrevendo que o pedagogo tem que ser "mão de ferro" mas na hora de se posicionar como tal tem que prevalecer sua formação e seu conhecimento na realização de cada atividade.Então, o pedagogo tem que decidir tudo só?Não tem que haver compreensão só que as vezes há docentees que se recusam em atender as hierárquias que se tem e isso faz com que o pedagogo seja rótulado como "chato" e, é nessa visão que muitas vezes chegamos as escolas e temos pedagogos ministrando aulas,na secetaria e fazendo o trabalho do gestor.Os papéis estão totalmente invertidos a ponto de ñ reconhecermos quem é quem e o trabalho de origem do mesmo fica esquecido porque os professores geral estão sem o alicerce principal que é a pessoa do pedagogo.Bjs Dioneth

    ResponderExcluir