terça-feira, 7 de junho de 2011

Anísio Teixeira e sua contribuição para a Pedagogia



As escolas comunitárias americanas inspiraram a concepção de ensino de tempo integral de Anísio Teixeira. Lá, no entanto, a jornada dificilmente tem mais do que seis horas diárias.
O conceito entre nós ampliou-se consideravelmente: escola de pelo menos oito horas e, no caso dos
Cieps, uma instituição que deveria dar conta de todas as necessidades das crianças, até mesmo de cuidados maternos e moradia.Numa realidade na qual os recursos são limitados, o problema é de prioridades e decisões difíceis: manter uma escola com esse modelo para uma minoria ou manter um modelo menos ambicioso para a maioria? Afinal, Anísio Teixeira também propunha uma escola para todos.

17 comentários:

  1. Anísio Teixeira contribui com sua vasta experiência, seus estudos e seu compromisso. Em seu livro: Educação não é privilégio, ele discursa sobre a implementação da proposta de ciclos objetivando uma escola de base, para que seja comum a todos os brasileiros. Essa sua idéia era para que fosse permitindo a todos o acesso e o direito de estudar , e para acabar com a discriminação, evidenciada na dualidade elite e povo muito presente naquela época. Segundo o autor, isso só seria possível por meio da educação pública, na especificidade de um escola de base para todos, descaracterizando a dualidade na elite da sociedade. Fundamento meu ponto de vista em suas idéias vista no seu livro, o qual cita:
    Exatamente porque a sociedade é de classes é que se faz ainda mais
    necessário que as mesmas se encontrem em algum lugar comum, onde
    os preconceitos e as diferenças não sejam levados em conta e onde se crie a camaradagem e até a amizade entre os elementos de uma e
    outra. Independente da sua qualidade profissional e técnica, a escola
    pública tem, assim, mais essa função de aproximação social e
    destruição de preconceitos e prevenções. A escola pública não é
    invenção socialista nem comunista, mas um daqueles singelos e
    esquecidos postulados da sociedade capitalista e democrática do século
    dezenove (p. 103: 2007)
    Anisio designava à escola pública a responsabilidade política e social. Ele nos leva a refletir sobre os impactos das políticas nas escolas.
    A grande reforma da educação é, assim, uma reforma política,
    permanentemente descentralizante, pela qual se criem nos municípios
    os órgãos próprios para gerir os fundos municipais de educação e os
    seus modestos mas vigorosos, no sentido de implantação local,
    sistemas educacionais (p.70: 2007)

    ResponderExcluir
  2. Anísio Teixeira exerceu um papel fundamental na história da educação brasileira. Defensor ferrenho do ensino público, gratuito, laico e obrigatório, ele sempre carregou o desejo de poder melhorar o Brasil por meio da escola.
    Concentrou todas as suas energias em uma reflexão sobre a educação no Brasil e suas idéias são profundamente marcadas pela história do Brasil. Seus textos encontram-se recheados por um enorme senso histórico, que aponta a todo momento para o fato de que o passado colonial brasileiro necessita ser superado no futuro. Um futuro utópico, que deveria varrer para sempre as ideologias do solo nacional, permitindo o florescimento definitivo de uma sociedade amplamente democrática (Teixeira, 1958).

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Anisio Teixeira foi um idealizador pedagógico importante para o processo de reforma da educação do Brasil. Ele admitia que o problema da escola pública não era
    apenas de aumento do número de escolas, mas a qualidade de ensino oferecida por estas
    instituições. A aspiração em relação à escola era de um estabelecimento democrático, sem privilégios sociais, enfim, uma instituição que viabilizasse oportunidades iguais de
    educação a todos.

    ResponderExcluir
  5. “Como a escola visa formar o homem para o modo de vida democrático, toda ela deve procurar, desde o início, mostrar que o indivíduo, em si e por si, é somente necessidades e impotências; que só existe em função dos outros e por causa dos outros; que a sua ação é sempre uma transação com as coisas e pessoas e que saber é um conjunto de conceitos e operações destinados a atender àquelas necessidades, pela manipulação acertada e adequada das coisas e pela cooperação com os outros no trabalho que, hoje é sempre de grupo, cada um dependendo de todos e todos dependendo de cada um” (Teixeira).
    As idéias de Anísio Teixeira, mas não somente as dele, possibilitaram aos intelectuais e educadores renovadores a compreender o processo de modernização da sociedade brasileira e, conseqüentemente, a necessidade de um novo ensino e de uma nova escola. À democracia, à liberdade e à ciência como valores da sociedade moderna correspondia um estudo científico dos problemas educacionais brasileiros, abandonados, até então, a sua própria sorte.
    Teixeira acreditava ser possível a reconstrução da educação brasileira em bases científicas, rompendo com o tradicionalismo e o empirismo grosseiro que durante muito tempo dominou a reflexão sobre as questões educacionais. Somente com um conhecimento das diferentes realidades escolares, em todas as dimensões, seria possível uma mudança significativa na formação dos professores. No entanto, a expressão conhecimento da realidade escolar, como tantas outras do discurso educacional renovador, foi aos poucos se transformando apenas em um slogan educacional para a maioria dos profissionais da educação brasileira.


    Huerbert Santos
    3º pedagogia

    ResponderExcluir
  6. Resposta da acadêmica BARBARA MONIQUE do terceiro período:

    O estudioso Anísio Teixeira foi o precursor no Brasil de uma educação baseada no conceito público, ou seja, social democrático. Sem seu interesse nos estudos e trabalhos realizados por Dewey, a educação Brasileira ainda estaria atrasada pelos conceitos dos defensores tradicionalistas. Anísio, associou seus estudos a uma nova idéia de educação na forma de ciclos, para que as dificuldades de aprendizagem da maioria de classe fosse preenchidas de maneira que possibilitassem a redução do fracasso escolar ora vigente.

    ResponderExcluir
  7. Como educador Anísio Teixeira, defendeu a implantação da escola pública e gratuita como forma de garantir a democracia e foi o primeiro a tratar a educação como base filosófica.
    Contribuiu também com a reformulação do sistema educacional brasileiro de seu tempo por meio de concepções relativas ao aprimoramento de suas estruturas, que segundo ele deveriamfazer a transição do empirismo para bases de cárater mais científico.
    Anísio Teixeira dizia que a educação estava em permanente reconstrução, e que numa escola democrática mestres e alunos trabalham em liberdade, desenvolvendo a confiança mútua, onde o professor deve incentivar o aluno a pensar e julgar por si mesmo, idealizando assim uma escola igualitária, onde todos tem a mesma oportunidade.

    ResponderExcluir
  8. Resposta da aluna SUELLY CAMPOS;

    Anisio Teixeira foi um educador comprometido com a educação do Brasil, e antenado com os acontecimentos nesse campo lá fora, fez suas comparaçòes, suas pesquisas, em viagem conheceu o trabalho de Dewey, conversou com ele, aconselhou-se, enfim, fez muito para melhorar o ensino do nosso país, e sua luta começou direcionada com a Ecucaçào pública, para que todo aluno tivesse acesso mas com compreenão relevante, por isso ele implantou o processo de aprendizagem em ciclos, objetivando a melhoria do processo ensinoaprendizagem.

    ResponderExcluir
  9. Oi fessora! ó nóis aqui travéis.

    Quem é mesmo Anísio Teixeira?
    KKK brincadeira, ai, ai, acho que agora eu vou apanhar, rs...
    Acredito que neste caso, um projeto menos ambicioso que todos pudessem aproveitar seria melhor, mesmo porque com o passar do tempo, a idéia poderia ser aprimorada. Me fez lembrar um trecho de: Novos enfoques na pesquisa em Didática, onde Menga Ludke, (acho que é assim que se escreve) comenta sobre se trabalhar uma pesquisa sem grandes ambições, simples, mas que possa ser feito o acompanhamento e registro detalhado de tudo, para que possamos colher frutos independente da grandiosidade do projeto em si.

    Jorge Luís
    3 Período de Pedagogia.

    ResponderExcluir
  10. Bazinga e bazinga! Está complicando, hein?
    A fumacinha começa a subir sobre mim, oe!

    Acredito que uma escola menos ambiciosa mas para a maioria, uma vez que escolas que favoreça a minoria já existe. Anísio Teixeira propôs uma escola para todos e levando em consideração o que viemos estudando, não basta apenas recursos tecnológicos e materiais para que ocorra essa melhoria, é necessário uma preparação em todo conjunto. E algo mais simples, mais acessível, possa ser construido de forma que propicie na melhora de uma educação significativa para todos.

    Beijos. ;*

    ResponderExcluir
  11. Andrea,no mundo em que vinemos hoje a educação e para todos,então a escola deveria ser menos ambiciosa,e levar em conta a qualidade do ensino e não quantas horas o educando passa na escola tirando assim a oportunidade de outras crianças tambem participarem sem discriminação, de uma educação que dê oportunidade de aprendizado a todas de forma contínua e iqualitária.

    ResponderExcluir
  12. Acredito que quando Anísio Teixeira teve a idéia das escolas de tempo integral era pra que os alunos tivessem um melhor aproveitamento escolar e não para o que ocorre hoje em muitas escolas desse padrão em que as crianças são deixadas lá o dia inteiro ficando uma boa parte do tempo sem fazer nada, já que a escola tem estrutura e equipamnetos porém não tem profissionais adequados para trabalhar.
    Então de vale ter uma escola boa se o objetivo a que se propõe não vai ser alcançado.
    Desse modo é melhor ter uma escola simples mas que o ensino vai ser trabalhado de forma competente.

    ResponderExcluir
  13. Resposta da aluna FLÁVIA:

    Vejo que falta comprometido de nossos governos em manter uma escola democrática (para todos) em tempo integral, como Anisio Teixeira tanto se empenhou em conscientizar os governantes. Ele foi um defensor ferrenho da democracia na educacao, e trouxe uma idéia, cuja falta de valor hoje da alta cúpula política e social o torna pouco presente. Mesmo tendo sido um dos precursores da democracia e educacao democrática do nosso país, o legado de Anísio Teixeira é pouco reconhecido pela maioria de nossos alunos. Na história do desenvolvimento do Brasil, pouco se ouve falar de sua trajetória e importância. Só se lembram de D. Pedro I e Pedro Alvares Cabra.

    ResponderExcluir
  14. boa noite

    muito aqui va foi dito sobre anisio teixera é ele foi uma grande homem pra o mundo da educaçao ,mas soua a pergunta ,o que é mesmo em consideração para a nossa pratica ?? que posiçoes tomaremos perante ao cenario educacional que se vivencia oje no brasil? essa deve ver a a nossa inquietacão perante os feitos de Anisio.

    luciane paes
    3 periodo

    ResponderExcluir
  15. Olá Professora.
    O modelo de escola para Anísio Teixeira, inspirado no modelo americano, tinha o propósito de implantar uma escola pública de qualidade para todos. Teixeira era discípulo de Dewey que tinha a ideia que a educação anda junto com a democracia.As condições de recursos na rede pública é precária, mesmo utilizando os recursos do FUNDEF as melhorias não são tão significativas para todos. Teixeira lutou para que a educação pública de fato fosse democrática e ainda hoje uma minoria tem esse ensino de qualidade. Cabe aos representantes governamentais saírem desse dilema e pelo menos sonhar e tomar a decisão de construir políticas públicas para um ensino público de qualidade.

    Ana Moreira 3º Ped

    ResponderExcluir
  16. Bom dia a todos
    Luciane Filgueiras, 3º de pedagogia

    A idéia de Anísio de criar uma escola parecida com as escolas dos EUA era boa, mas infelizmente são mundos completamente diferentes, a começar pelos governantes de cada País. Mas voltando para esse grande homem e lutador de uma educação para todos, paramos e refletimos que suas idéias permanecem originais e podem ser discutidas em qualquer área tanto administrativas quanto educacionais, pra mim sua contribuição é imensa, simplesmente pelo fato dele se preocupar que todos, exatamente todos tivessem uma educação igualitária e de qualidade.

    ResponderExcluir